PETERS, Tom. Reimagine: excelência nos negócios numa era de desordem – Páginas 232 a 291 – Visão de Cleon Gostinski

Tom Peters coloca as pessoas em uma nova dimensão no que diz respeito às relações de trabalho nas empresas conectadas com o futuro:

Peters, primeiramente, estabelece que o talento é a grande fonte geradora de valor nas empresas preocupadas com a evolução da realidade. Mais do que isso, ele acredita que os profissionais do futuro precisam caracterizar-se como marcas. A educação também é alvo de avaliações do autor, que determina a necessidade de uma verdadeira revolução dos processos de ensino, uma educação por projetos. Além disto, Peters afirma que os dirigentes empresariais precisam tomar novos rumos em seus comportamento de liderança, constituindo um time totalmente focado na construção de ações UAU!“.

Adicionar um comentário

PETERS, Tom. Reimagine: excelência nos negócios numa era de desordem – Páginas 18 a 109 – Visão de Cleon Gostinski

Tom Peters coloca-se na posição de visionário empresarial em sua obra Reimagine.  Ele percebe que os modelos de administração estão sofrendo mutações significativas.  A seguir, é exibido um esquema que discute três questões fundamentais: contexto, tecnologia e criação de valor.

Procurando entender os mecanismos estratégicos de sobrevivência empresarial no século XXI com base nos postulados de Tom Peters, primeiramente, pode-se afirmar que é o contexto que está determinando a necessidade de revolucionar os paradigmas empresariais, tendo a desconstrução como princípio norteador primordial. Assim, novas regras se impõe para que se gere a necessária criação de valor. As influências tecnológicas se constituem em recursos mestre para as inovações necessárias e assim serão concebidos novos processos para criação de valor, sintonizados com a evolução mercadológica.

Adicionar um comentário

MINTZBERG, H.; AHLSTRAND, B.; LAMPEL, J. Safári de estratégia: um roteiro pela selva do planejamento estratégico – Páginas 11 a 25 e KAPLAN, R. S.; NORTON, D. P. Organização orientada para estratégia – Páginas 77 a 144 – Visão de Cleon Gostinski

MintzbergAhlstrand e Lampel proporcionam uma excelente visão sobre a amplitude das possibilidades do pensamento estratégico e Kaplan e Norton estabelecem fórmulas para operacionalizar estratégias e objetivos junto ao já bastante difundido processo Balanced Scorecard. A seguir, uma visão de integralidade entre as teorias discutidas pelos autores.

Em primeira perspectiva estão as diferentes escolas que demonstram a evolução da concepção estratégica empresarial: de uma ação prescritiva para visões descritivas centradas primeiramente no indivíduo, também considerando forças e agentes externos e, finalmente, culminando em uma postura multidimensional para o equacionamento de complexidades. Um dos processos amplamente aceitos e difundidos para a operacionalização da administração estratégica é o Balanced Scorecard que proporciona a moldagem de objetivos através de uma cadeia lógica acionada por vetores mobilizadores de criação de valor.

Adicionar um comentário