Feitas para Durar: Méritos das Empresas Visionárias – Metas Audaciosas e Culturas da Devoção

Em busca pelo reconhecimento dos talentos das empresas visionárias, James C. Collins em seu livro Feitas para Durar reconhece dois fatores importantes que definem suas condutas de sucesso: metas audaciosas e culturas de devoção. Segundo ele, uma meta audaciosa envolve as pessoas pertencentes à organização, pega-as de jeito. É algo concreto, excitante, voltado para algo altamente específico e é, por isso, que é capaz de ser cumprida trazendo resultados incomparáveis. Isto acontece porque se estabelece ainda uma cultura de devoção, onde coexiste em harmonia controle ideológico e autonomia operacional dos colaboradores.

18 comentários

Feitas para Durar: Méritos das Empresas Visionárias – Mais do que Lucros e Estimular o Progresso

James C. Collins em seu livro Feitas para Durar assinala duas importantes questões que demonstram a tenacidade das empresas visionárias. Primeiramente, elas partem do princípio de trabalhar com posicionamentos aparentemente contraditórios que ele denomina “genialidade do E”. Assim, por exemplo, elas traçam seus objetivos para esferas além do lucro e buscam-no também de forma pragmática; definem uma ideologia central relativamente definida e não renunciam a mudança e ao movimento empresarial contínuos. Na imagem, uma das características marcantes das empresas visionárias: a autoconfiança. Através dela, seus movimentos a conduzem a novos patamares de desempenho. Uma questão sempre negligenciada por empresas tradicionais.

18 comentários

Feitas para Durar: desmistificando empresas visionárias

James Collins em seu prestigiado e conceituado estudo, Feitas para Durar,  desmistifica empresas visionárias de alguns icônicos clichês de mercado, que procuram justificar as razões de sucessos e fracassos empresariais. Procurando entender os mecanismos que regulam as trajetórias de empresas vencedoras em quase um século de suas existências, ele estabelece novas percepções que proporcionaram e continuam a proporcionar quadros empresariais evolutivos. No esquema, a seguir, algumas considerações pertinentes ao estudo realizado.

20 comentários