Poder, Linguagem e Ação nas Organizações

Stewart Clegg em seu artigo Poder, Linguagem e Ação nas Organizações do livro O Indivíduo na Organização de Jean-François Chanlat, levanta questões complexas sobre como equacionar  as pessoas dentro das empresas, primeiramente como potencialidades para, depois, estabelecer seu comportamento no desenvolvimento da tomada de decisões e as consequentes condicionantes da ação na coletividade organizacional. Para dar conta de sua análise, Clegg reconhece que as Estruturas de Poder determinam as decisivas ações dos sujeitos para a produção de resultados. No esquema, a seguir, algumas possíveis estratificações para a leitura da realidade e a indicação de que os Mecanismos de Dominação são determinantes para o reconhecimento dos aspectos que implicam no desempenho.


19 comentários

SUN TZU. A arte da guerra: os treze capítulos originais – Páginas 55 a 89 – Visão de Cleon Gostinski

Sun Tzu define princípios fundamentais sobre estratégias militares na antiguidade que podem ser associados ao contexto competitivo empresarial dos dias atuais.

No mapa conceitual, a seguir, uma visão perceptiva de interesse para a disciplina marketing estratégico:

Mais do que estrategista, Sun Tzu era um líder brilhante. Tinha qualidades excepcionais para a interpretação e ação frente aos mais complexos contextos.  Sua visão do mundo era orgânica, diferente dos seus oponentes que evidentemente implementavam suas ações em perspectiva objetiva. A base das reflexões de Sun Tzu era a análise dos pontos fortes e fracos, tanto dos oponentes como de si mesmo. A partir disto, definia diferentes possibilidades de confrontos a fim de sempre obter vantagens competitivas, obtidas através de manobras sempre meticulosamente planejadas.

Adicionar um comentário

SUN TZU. A arte da guerra: os treze capítulos originais – Páginas 13 a 54 – Visão de Cleon Gostinski

Sun Tzu define princípios fundamentais sobre estratégias militares na antiguidade que podem ser associados ao contexto competitivo empresarial dos dias atuais.

No mapa conceitual, a seguir, uma visão perceptiva de interesse para a disciplina marketing estratégico:

Usando uma lógica própria, mas também atrelada à rituais, ao misticismo e a códigos de conduta, o general Sun Tzu desenvolveu uma filosofia única para a Operação de Guerra, que envolvem fatores de análise estratégica e princípios claros para a tomada de decisões. Em conjunto, eles determinam posições e táticas a serem seguidas.  Estes ensinamentos que levaram Sun Tzu, partindo de uma pequena porção de terra, a conquistar praticamente todo o território chinês na antiguidade, podem ser extrapolados para a atual dinâmica competitiva entre empresas. Mais do que isso, a astúcia de Sun Tzu é chave para que se entenda as possibilidades de crescimento empresarial em acirradas posições de disputa.

Adicionar um comentário